quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O SERTÃO VIROU MAR?


Bruno Paulino:
UM PROFETA EM SUA TERRA

Diz o provérbio bíblico que ninguém é profeta em sua terra. De fato, tal sentença era infalível na Palestina dos tempos de Jesus. E valeu até para Antônio Conselheiro, o filho mais ilustre de Quixeramobim. Mas, por artes do destino, não pode se aplicar ao jovem escritor Bruno Paulino, moço de reconhecido talento para as letras e conterrâneo do beato Antônio Vicente Mendes Maciel.

O lançamento de seu novo livro SERTÃO: POETAS E PROSADORES, na noite do último dia 26/01, justamente na Casa do Conselheiro, foi um tremendo sucesso, coisa muito rara de se ver nesse país onde pouca gente lê, sobretudo depois do advento das redes sociais onde as informações já chegam prontas, mastigadas, digeridas e, na maioria das vezes, distorcidas com o intuito de fazer a massa ignorante seguir em frente (ou se acomodar) tal e qual um rebanho de ovelhas e bodes. Tudo junto e misturado, no mesmo chiqueiro, de modo conveniente ao perverso sistema que rege o planeta nos dias de hoje.

Pois bem, meus leitores e leitoras. Lá em Quixeramobim o negócio é diferente... Tá vendo aí, Conselheiro? O Sertão (a terra) pode até não virar mar, mas o lançamento do Sertão (o livro) foi um sucesso absoluto! Confiram, vocês mesmos, as fotos do lançamento de Bruno Paulino, clicado pelas lentes do não menos talentoso Tarcísio Filho:




Fotos: Tarcísio Filho