quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

I FEIRA LITERÁRIA DO HUMOR


I FESTA LITERÁRIA DO HUMOR CEARENSE
Homenagem aos 140 anos de nascimento de Quintino Cunha
Lançamento de Livro – Show de Humor  – Exposição – Palestra – Bate-papo – Espetáculo Infantil – Vídeo – Oficina – Cordel – Cantoria – Palco Livre e Feira de Livro

De hoje até o próximo dia 20, o Museu do Humor Cearense (Benfica) recebe a I Festa Literária do Humor Cearense. O evento, que presta homenagem a Quintino Cunha, tem sua abertura hoje, a partir das 17h, com a exibição do vídeo "E o palhaço, quem é?" (Cláudio Ivo). O acesso é gratuito.
O primeiro de dia de programação ocorre justamente no "Dia do Palhaço" (10 de dezembro). A efeméride marca várias atividades do encontro, que ainda contará com lançamentos de títulos literários, exibição de filmes, shows de humor, palestras e atividades infantis.
"A Festa Literária não é só uma feira de livros, é um passeio pelo humor do Ceará. O Quintino Cunha nasceu há 140 anos, então escolhemos homenageá-lo. Ele foi escritor e humorista. E apesar disso, ele nunca chegou a publicar nada (sobre humor)", situa Jader Soares, diretor do Museu.
Jader conta, ainda justificando a homenagem, que vários escritores cearenses versaram sobre o humor de Quintino, como Leonardo Mota, Renato Soldon e Plautus Cunha, filho do homenageado.

A festa reabre a exposição "Acunha, Quintino!", hoje, às 18h. De 24 de julho (data do aniversário de Quintino Cunha) a 24 de agosto passado, o Museu do Humor Cearense promoveu a primeira temporada de visitação da mostra. (Fonte: CADERNO 3 - Diário do Nordeste)
De 10 a 20 de dezembro de 2015
Horários
De Segunda a Sexta – de 13h as 21h
De Sábado a Domingo – de 09h as 21h
Museu do Humor Cearense
(Av. da Universidade, 2175 – Benfica – 3252 3741 – 999 91 0460)

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO AQUI:


Era só o que faltava! Mas agora não falta mais!
O Museu do Humor Cearense, programou para este final de 2015,  a I FESTA LITERÁRIA DO HUMOR CEARENSE. Evento inédito!
O nome FESTA se adequa perfeitamente ao evento, e a programação é extensa. Serão 11 dias, de 10 a 20 de dezembro, com Lançamentos de Livros – Shows de Humor  – Exposições – Palestras – Bate-papos – Espetáculos Infantis – Vídeos – Oficinas – Cordéis – Cantoria – Palco Livre e Feira de Livro. Tudo isso, é claro, abordando a temática do Humor. Quem  comparecer vai ter a oportunidade de adquirir nos estandes, obras  as mais variadas possíveis da referida linguagem, de autores e artistas cearenses e de todo o Brasil, como por exemplo Livros, Cordéis, CDs e DVDs.
Na ocasião, entre o lançamento de um livro, a exibição de um vídeo ou um show,   a Memória  do humor cearense poderá ser visitada, numa caminhada pelo Museu.  Aí, de repente, você se depara com o jaleco usado pelo Professor Raimundo Nonato ou o figurino do João Canabrava. Tudo original. Ou ainda, com a Exposição CAPAS DE CHICO, onde você poderá ver todos os 26 livros lançados por Chico Anysio, na Biblioteca Prof. Raimundo.
A I Festa Literária do Humor Cearense homenageia especialmente o escritor  e humorista Quintino Cunha, pela passagem de seus 140 anos de nascimento, comemorados em 2015. Será inclusive, montada a Exposição ACUNHA, QUINTINO! contando um pouco do muito que o poeta fez em prol da graça e da alegria do nosso povo.
Jader Soares, diretor do Museu e curador da Festa diz que o evento não é simplesmente uma Feira de Livro: “O importante aqui,  é que o público visitante, além de participar das atividades programadas, conheça a história e a memória do humor cearense, e aqui se reconheça, sendo ele,  protagonista e participante ativo em  todo o seu desenrolar, como por exemplo vaiando o sol ou contando uma ‘potoca’, debaixo do Cajueiro da Mentira, na Praça do Ferreira (cenográfica) que há no Museu, numa verdadeira ação de ineditismo”.
É dentro deste ambiente que será realizada a I FESTA LITERÁRIA DO HUMOR CEARENSE. Numa parceria do Museu do Humor Cearense, Teatro Chico Anysio e Escritório do Riso.