sexta-feira, 22 de setembro de 2017

LANÇAMENTO EM JOÃO PESSOA


LIVRARIA DO LUIZ PROMOVE MANHÃ DE AUTÓGRAFOS DO LIVRO “MIOLO DA RAPADURA”, DE KLÉVISSON VIANA

Klévisson Viana é um danado. Após dezenas de livros e folhetos premiados, nos apresenta mais um balaio saboroso de suas múltiplas criações, com este livro MIOLO DA RAPADURA. Tem desenhos e gravuras assinalados com sua marca. Tem poemas pungentes, saudosos, mas também avulta a alegria descarada deste moço. Há uma mostra de seus folhetos e algumas parcerias com Bráulio Tavares, Evaristo Geraldo da Silva, Rouxinol do Rinaré e Arievaldo Vianna. 

                Adubando o material, o vigor deste artista que soube fruir a seiva generosa do povo nordestino ao mesmo tempo em que expandia a rama contemporânea desta cultura através dos caminhos do hiperespaço. Porque o Klévisson Viana é o matuto mais moderno do mundo!

                Nas 168 páginas de o MIOLO DA RAPADURA, o leitor deparar-se-á com hilárias e também tristes narrativas, verídicas, fantásticas e/ou adaptadas, textos críticos, recheados de conteúdo, de sabedoria erudita e popular, em diferentes formatos - Oitavas, Sétimas, Sextilhas, Décimas, Emboladas, Poesia Matuta entre outros. Tudo com o padrão Klévisson de produção - o máximo cuidado na forma e no conteúdo, a qualidade do artesão premiado na palavra. É o Klévisson agora quarentão que sabe dizer porque vivencia as coisas do sertão como um refinado observador do que há acolá.

                MIOLO DA RAPADURA não é apenas um livro, ou uma coletânea de textos. É obra que busca encontrar a essência, o tal miolo da nossa arte-rapadura, sabidamente doce, como diz o poeta de Quixeramobim. O mel mais saboroso não está no aspecto que o autor aqui descreve, mas no cerne das tradições nordestinas revividas e revigoradas pelas letras escritas, na recontagem e remontagem d’algumas histórias clássicas da cultura mundial, em traço tipicamente nosso.

Além deste livro, que o leitor lerá entre sorrisos e mesmo rasgadas gaitadas, queria lembrar aqui as novelas gráficas de KV, em particular, ''Lampião... Era o cavalo do tempo atrás da besta da vida'', aonde traço fino, paisagem recriada ao estilo da talha cortada dos gravadores da madeira e de uma reconstituição perfeita da época de Lampião, abriram passagem para Klévisson Viana voar além das fronteiras regionais. Seu trabalho na Tupynanquim - reimprimindo romances em folheto há muito fora de catálogo - aliás, quem imprime ainda estes livrinhos, que imortalizaram nomes como os do mestre Leandro Gomes de Barros, José Pacheco, Athayde e muitos outros? Só este caboclo sonhador, mas sonhador de pés bem fincados em sua terra, e com este olhar carinhoso a sua gente.

PS: Pra sentir o verdadeiro sabor da rapadura, tem que provar até o miolo. Pra entender de verdade o que Klévisson diz, só lendo o livro todinho, de ponta a ponta, como quem diante do “pequeno tijolo doce” está a lambê-lo, persignado e feliz.

Serviço:

MANHÃ DE AUTÓGRAFOS DO LIVRO
“MIOLO DA RAPADURA” DE KLÉVISSON VIANA

Local: LIVRARIA DO LUIZ
Endereço: Galeria Augusto dos Anjos – Praça João Pessoa, 88 – Centro, João Pessoa – PB
Data: Dia 30 de setembro (sábado)
Horários: 10h da manhã
Classificação indicativa: Livre
Valor do livro: R$ 40,00
Informações: (85) 3217-2891 | (83) 3576-5573

Atendimento à imprensa:
(85) 9 9675-1099 | (85) 3217-2891 | tupynanquimcordelbrasil@gmail.com


 

* * * 


KLÉVISSON VIANA

Antônio Clévisson Viana Lima (Klévisson Viana) é cordelista, cartunista, xilogravador, editor e presidente da AESTROFE – Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará. É também membro da ABLC-Academia Brasileira de Literatura de Cordel (RJ). Coordena o projeto editorial da Tupynanquim Editora, onde já publicou cerca de mil obras de quase uma centena de autores. Como autor, Klévisson Viana publicou mais de 30 livros e quase 200 folhetos de Literatura de Cordel. Seus trabalhos já “passearam” pelos quadrinhos, televisão e adaptações para o teatro. Destaca-se o folheto "A quenga e o delegado", transformado em episódio da série Brava Gente da Rede Globo. Tem trabalhos publicados em diversas editoras nacionais e internacionais como Chandeigne – Paris (FR), Editora Leya – Lisboa (PT), Editora Hedra –São Paulo (BR), Nova Alexandria –São Paulo (BR), Editora Demócrito Rocha – Ceará (BR), Editora Amarilys – São Paulo (BR), Edelbra – Porto Alegre (RS), Nova Alexandria – São Paulo (BR) dentre outras. Tem outras obras publicadas em antologias na Turquia, Bélgica, Itália e Holanda. Seu currículo consta de diversos prêmios importantes. Foi vencedor seis vezes consecutivas do PNBE – Programa Nacional da Biblioteca Escolar (MEC), três vezes do Troféu HQ Mix, uma vez do PNAIC – Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (MEC) e "Prêmio Jabuti de Literatura" concedido anualmente pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) dentre outros. Klévisson Viana coordena eventos culturais, ministra palestras, oficinas e recitais em todo o Brasil e já levou sua arte a países como França, Portugal, México, Cabo Verde e Costa Rica e é o idealizador da Feira do Cordel Brasileiro, já na segunda edição.