segunda-feira, 17 de agosto de 2015

QUIXERAMOBIM INSTALA ACADEMIA DE LETRAS



Na tarde da última sexta-feira, dia 14 de agosto, tendo como local o auditório da Escola Estadual Profissionalizante Dr. José Alves da Silveira, na cidade de Quixeramobim, região centro do estado do Ceará, aconteceu sessão solene para instalação da AQUILETRAS – Academia Quixeramobinense de Letras, Ciências e Artes. Ainda como parte integrante do evento, aconteceu o lançamento do livro “Antônio Conselheiro, Memórias de Famílias e Guerra de Canudos, Levantamento Cronológico”, da autoria do escritor João Bosco Fernandes Mendes.

A AQUILETRAS, de acordo com seu estatuto tem por finalidade promover, apoiar e incentivar as atividades literárias científicas e artísticas no município. A entidade será presidida pelo advogado e escritor João Bosco Fernandes Mendes e contará com os seguintes acadêmicos: Marum Simão, Francisco Rabelo, Moacir Simão, Bruno Paulino, Lindalva Teixeira, Gorethe Pimentel, Carlos Alberto Carneiro, Carlos Roberto Leite Costa, Ana Roberta Nógimo, Leorne Belém, Ana Claudia Oliveira, Arievaldo Vianna Lima, Graça Braga, Ricardo Machado, Azanias Henrique, José Artur Costa, Paulo Angelim, Mazé Damasceno, Elza Coutinho, Ana Maria Fernandes, Marcos Machado, Elistênio Alves, Terezinha de Oliveira, Vládia Simão, Gilberto Telmo, Zacarias Vasconcelos, Magno Barbosa e Osvaldo Costa Martins.

Fonte: blog do Crisanto Teixeira – Jornalista e Historiador.


João Bosco Fernandes, Prefeito Cirilo Pimenta e Dr. Ricardo Machado

RELAÇÃO DOS ACADÊMICOS

- João Bosco Fernandes Mendes - Presidente, ocupante da cadeira Nº 1, que tem como patrono Manuel de Oliveira Paiva.
- Marum Simão, ocupante da cadeira Nº 2, tendo como patrono Ismael Pordeus Costa Lima;
- Francisco Antonio Rabêlo, ocupante da cadeira Nº 3, tendo como patrono José de Alencar;
- Moacir Simão, ocupante da cadeira Nº 4, tendo como patrono Gustavo Barroso;
- Bruno Paulino do Nascimento, ocupante da cadeira nº 5, tendo como patrono João Brígido dos Santos;
- Lindalva Teixeira de Freitas, ocupante da cadeira Nº 6, tendo como patrono Euclides da Cunha;
- Maria Goreth Pimentel Nunes Amâncio, ocupante da cadeira Nº 7, tendo como patrono Antonio Conselheiro;
- Carlos Alberto Carneiro, ocupante da cadeira Nº 8, tendo como patrono Barão de Sturdat;
- Carlos Roberto Leite Costa, ocupante da cadeira Nº 9, tendo como patrono Antonio Bezerra de Menezes;
- Ana Roberta Nógimo Rodrigues Vasconcelos, ocupante da cadeira Nº 10, tendo como patrono José Aurélio Saraiva Câmara;
- Leorne Menescal Belém de Holanda, ocupante da cadeira nº 11, tendo como patrono Manuel Antonio de Andrade Furtado;
- Ana Claudia da Silva Oliveira, ocupante da cadeira nº 13, tendo como patrono Álvaro Otacílio Nogueira Fernandes;
- Arievaldo Viana Lima, ocupante da cadeira Nº 14, tendo como patrono Manuel Bandeira;
- Alfredo Ricardo de Holanda Cavalcante Machado, ocupante da cadeira nº 16, tendo como patrono Clodoaldo Pinto;
- Azanias Henrique da Silva, ocupante da cadeira Nº 17, tendo como patrono Antonio Furtado Bezerra de Menezes;
- José Artur Costa, ocupante da cadeira Nº 18, tendo como patrono Dom Antônio de Almeida Lustosa;
- Paulo Henrique Estevam Angelim, ocupante da cadeira Nº 19, tendo como patrono Américo Militão de Freitas Guimarães;
- Maria José Damasceno, ocupante da cadeira Nº 20, tendo como patrono Benjamin Liberato Barroso;
- Elza Pereira Bezerra Coutinho, ocupante da cadeira Nº 21, tendo como patrono Monsenhor Salviano Pinto Brandão;
- Ana Maria Fernandes de Almeida, ocupante da cadeira Nº 23, tendo como patrono Dr. Cornélio José Fernandes;
- Antonio Marcos Machado de Sousa, ocupante da cadeira Nº 24, tendo como patrono João Paulino de Barros Leal;
- Elistênio Alves da Silva, ocupante da cadeira Nº 25, tendo como patrono Fenelon Augusto Câmara;
- Terezinha de Jesus de Almeida Oliveira, ocupante da cadeira Nº 26, tendo como patrono Antonio Lemos Barbosa;
- Wládia Lúcia Brito Simão, ocupante da cadeira Nº 27, tendo como Eudoro Batista Santana;
- Gilberto Telmo Sidney Marques, ocupante da cadeira Nº 28, tendo como patrono Luís Costa Filho;
- Zacarias de Vasconcelos Barros, ocupante da cadeira Nº 30, tendo como patrono Sebastião Doth;
- José Magno Barbosa, ocupante da cadeira Nº 31, tendo como patrono Audifax Rios; e
- Osvaldo Costa Martins, ocupante da cadeira Nº 32, tendo como patrono Paulo Harding Júnior.

Logo após a posse da Academia, foi lançado o Livro “Antônio Conselheiro, Memórias De Família e Guerra de Canudos, Levantamento Cronológico” de autoria de seu presidente, escritor João Bosco Fernandes.


Fonte - Sistema Maior de Comunicação